Geiser Trivelato

fotografo e guia de birdwatching

Sou fotógrafo e guia naturalista, e descrevo abaixo os serviços que ofereço. Caso tenha interesse em alguma foto, ou se quiser saber mais detalhes sobre o orçamento do meu trabalho como guia, entre em contato: geiser.trivelato@gmail.com


Venda de fotos

 

Possuo um arquivo com milhares de fotos de paisagens, cachoeiras, matas, cavernas, flora e fauna brasileira, fotografados na mata atlântica, nos campos e cerrados, nas  lagoas e banhados do  sul, na mata-seca e caatinga do norte de Minas e Bahia, no Pantanal  Mato-grossense e na Amazônia brasileira

 Os principais mamíferos e aves brasileiras já foram registrados por mim, a maioria em liberdade. Estas fotos poderão ser consultadas a qualquer momento na seção “Fotos” ou através de consultas por email

( geiser.trivelato@gmail.com ). O seu uso poderá ter as mais variadas finalidades: calendários, agendas, banners, folders, revistas, livros didáticos, guias de campo, ampliações para quadros, programas de TV são algumas das formas que minhas fotos podem ser utilizadas.


Guia naturalista e de birdwatching

O Valor cobrado pelo meu dia de serviço como guia é de R$ 230,00 para guiar 1 pessoa e R$ 250,00 para guiar 2 pessoas. Acima disso, acrescentar R$ 50,00 por pessoa (ex. R$ 300,00 para grupos com 3 clientes, R$ 350,00 para 4 clientes e assim por diante). Inclusive com possibilidade de saídas noturnas a procura de aves e mamíferos já incluídos neste valor.

Durante estes mais de 15 anos fotografando a natureza, adquiri experiência e conhecimentos sobre nossa fauna. Com isso, posso oferecer um serviço particular a procura por determinada espécie. Se você tem o desejo de ficar frente a frente com alguma ave, mamífero, réptil entre em contato que vou fazer de tudo para que o bicho que esteja interessado possa ser visto por você em liberdade. Que tal tentar ver a Onça-pintada (Panthera onça) ou a Jaguatirica (Leopardus pardalis) na natureza?

Meus principais roteiros, descritos abaixo, são o pantanal, o cerrado e a mata atlântica. Guio na minha cidade, Jacutinga MG e região (mais de 370 espécies de aves) em área de transição da mata-atlântica para cerrado; na trilha dos tucanos na mata atlântica da Serra de Paranapiacaba, na Serra da Canastra em área de cerrado e campo limpo, na Transpantaneira em pleno pantanal norte. Outros destinos que posso guiar são: Ubatuba e São Luís do Paraitinga na mata-atlântica da Serra do Mar no litoral norte paulista ; Monte Verde na mata-atlântica de altitude na Serra da Mantiqueira MG; Itatiaia e Itamonte também na Serra da Mantiqueira entre RJ e MG, Parque das Emas (GO) no cerrado do Brasil central e no Pantanal sul, entre Aquidauana, Miranda e Corumbá MS. Entre em contato para ter a lista das espécies da região e a probabilidade de ver ou fotografá-las.

1. Mata-atlântica                                                                   

 1.1 Trilha dos Tucanos - Tapiraí SP - mata atlântica na Serra de Paranapiacaba. Possíveis observações: papo-branco (Biatas nigropectus), Entufado (Merulaxis ater), Anambezinho (Iodopleura pipra), pinto-do-mato (Hylopezus nattereri), macuquinho (Eleocytalopus indigoticus), tapaculo-preto (Scytalopus speluncae), tropeiro-da-serra (Lipaugus laniioides), matracão (Batara  cinerea), araçari-poca (Selenidera maculirostris).


1.2 Monte Verde (MG) - mata-atlântica montana com matas de Araucária – algumas  possíves  observações: Choquinha-da-serra (Drymophila genei), Papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), Saíra-lagarta (Tangara desmarestii), Grimpeiro (Lepthastenura setaria), Borralhara-assobiadora (Machenziaena leachii), Sanhaçu-frade (Stephanophorus diadematus), Beija-flor-de-topete (Stephanoxis lalandi), Bandeirinha (Chlorophonia cyanea)

 

 1.3 Ubatuba (SP) mata-atlântica de baixada
Algumas possíveis observações: Entufado (Merulaxis ater), Gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannus), Galinha-do-mato (Formicarius colma), Anambezinho (Iodopleura pipra), Papa-moscas-estrela (Hemitriccus furcatus), Saíra-militar (Tangara cyanocephala), Topetinho-verde (Lophornis chalybeus)

 

 

 

 

 

Tomas Sigrist e Geiser em Mata-Atlântica de Ubatuba (SP)

 

1.4 São Luís do Paraitinga (SP) Reserva Guainumbi - mata-atlântica montana  ao lado do núcleo Santa Virgínia do PESM  (Parque Estadual da Serra do  Mar) – algumas possíveis observações: Tovacuçu (Gralaria varia), Araponga (Procnias nudicollis), Caneleiro-verde (Pachyramphus viridis), Pinto-do-mato (Hylopezus nattereri), Macuquinho (Eleoscytalopus indigoticus), Estrelinha-ametista (Calliphlox amethystina) 

 

1.5 Jacutinga (MG) e região (sul de Minas e nordeste paulista) fragmentos de mata-atlântica. Possíveis observações: Tangará-dançarino (Chiroxiphia caudata), Pica-pau-rei (Campephilus robustus), Juruva-verde (Baryphthengus ruficapillus), Olho-falso (Hemitriccus diops), Surucuá-variado (Trogon surrucura), Borralhara-preta (Machenziaena severa), Pavó (Pyroderus scutatus), Tucano-de-bico-verde (Ramphastos dicolorus), Saíra-douradinha (Tangara cyanoventris), tapaculo-serrano (Scytalopus petrophilus).

Foto acima: Equipe "Terra da Gente" em Jacutinga (MG). Da esquerda para direita: Otávio Salles (Ornitólogo), Geiser Trivelato (Fotógrafo), Ciro Porto (Jornalista), Carlos Alberto Coutinho (Cinegrafista) e Ilídio Pereira (Assistente).

 

1.5 Itatiaia (RJ) e Itamonte (MG) – mata-atlântica de encosta e Montana – algumas possíveis observações: Topetinho-vermelho (Lophornis magnificus), Formigueiro-assobiador (Myrmeciza loricata), Araçari-banana (Pteroglossus bailoni), Benedito-de-testa-amarela (Melanerpes flavifrons), Saíra-sete-cores (Tangara seledon),  Tietinga (Cissops leveriana), Saudade-assobiadora (Tijuca atra), Garrincha-chorona (Oreophylax moreirae).

 

2. Cerrado e matas de galeria                                                  

2.1 Mogi-Guaçu (SP) Reserva Campininha – cerrado e cerradão - algumas possíveis observações: Jacupemba (Penelope superciliares), Choro-boi (Taraba major), Beija-flor-dourado (Hylocharis chrysura), Rendeira (Manacus manacus), Tachuri-campainha (Hemitriccus nidipendulus), Gralha-picaça (Cyanocorax  chrysops), Pipira-vermelha (Ramphocelus carbo), Bagageiro (Phaeomyias murina), choca-do-palnalto (Thamnophilus pelzelni).

 

2.2 Jacutinga (MG) Mata ciliar do Rio Mogi-Guaçu e várzeas adjacentes – algumas possíveis observações: Soldadinho (Antilophia galeata), Fura-barreira (Hylocriptus rectirostris), Estalador (Corythopis delalandi), Gavião-pernilongo (Geranospiza caerulescens), Curió (Sporophila angolensis), Caboclinho-branco (Sporophila pileata), Arredio-do-rio (Cranioleuca vulpina), Ariramba-de-cauda-ruiva (Galbula ruficauda), Barbudo-rajado (Malacoptila striata).

 

2.3 São Roque de Minas (MG) na Serra da Canastra - cerrado, campo-limpo, campo-rupestre - algumas possíveis observações: Campainha-azul (Porphyrospiza caerulescens), Águia-chilena (Buteo melanoleucus), Ema (Rhea americana), Galito (Alectrurus tricolor), Perdiz (Rhynchotus rufescens), Pato-mergulhão (Mergus octosetaceus), Tapaculo-de-brasília (Scytalopus novacapitalis), Cigarra-do-campo (Neothraupis fasciata), Tapaculo-de-colarinho (Melanopareia torquata), Papa-moscas-do-campo (Culicivora caudacuta), Bacurau-da-telha (Hydropsalis longirostris), papa-moscas-de-costas-cinzentas (Polystictus superciliares).

 

 2.4 Parque Nacional das Emas em Chapadão do Céu (GO) - campo limpo, cerrado, buritizais e matas de galeria - algumas possíveis observações: tiê-bicudo (Conothraupis mesoleuca), bacurau-de-rabo-branco (Hydropsalis candicans), mineirinho (Charitospiza eucosma), maria-corruíra (Euscarthmus rufimarginatus), suiriri-da-chapada (Suiriri islerorum), bandoleta (Cypsnagra hirundinacea), papa-moscas-canela (Polystictus pectoralis), arara-canindé (Ara ararauna), gavião-tesoura (Elanoides forficatus), maracanã-pequena (Diopsittaca nobilis), papagaio-galego (Alipiopsitta xanthops), limpa-folha-do-brejo (Syndactyla dimidiata), pula-pula-de-sobrancelha (Myiothlypis leucophrys).

 

3. Pantanal                                                                             

 3.1- Traspantaneira Poconé (MT). Algumas possíveis observações: Arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus), Araçari-castanho (Pteroglossus castanotis), Aracuã-do-Pantanal (Ortalis canicollis), Surucuá-de-barriga-vermelha (Trogon curucui), Mutum (Crax fasciolata), Jacurutu (Bubo virginianus), Caturrita (Myiopsitta monachus), Pica-pau-de-topete-vermelho (Campephilus melanoleucus), Príncipe (Pyrocephalus rubinus), Gavião-belo (Busarellus nigricollis), Arapaçu-do-campo (Xiphocolaptes major), Casaca-de-couro-de-crista-cinza (Pseudoseisura unirufa), Solta-asa (Hypocnemoides maculicauda), Catatau (Campylorhynchus turdinus), Xexéu (Cacicus cela), Garça-real (Pilherodius pileatus), Pavãozinho-do-Pará (Eurypyga helias), Jáo (Crypturellus undulatus), Chora-chuva-preto (Monasa nigrifrons), Martim-pescador-anão (Chloroceryle aenea), Arapapá (Cochlearius cochlearius), Pica-pau-amarelo (Celeus flavus), Maracanã-de-colar (Primolius auricollis), Carão (Aramus guarauna), Talha-mar (Rynchops niger), Batuíra-de-esporão (Vanellus cayanus), Mãe-da-lua-gigante (Nyctibius grandis), Corucão (Podager nacunda), Lavadeira-de-cara-branca (Fluvicola pica), Bate-pára (Atilla bolivianus), pica-pau-de-testa-branca (Melanerpes cactorum)

 

 

3.2 Miranda (MS), Aquidauna (MS) e Corumbá (MS) – algumas possíveis observações: Gavião-preto (Buteogallus urubitinga), Tuiuiú (Jabiru mycteria), Picaparra (Heliornis fulica), Periquito-de-cabeça-preta (Aratinga nenday), Arara-vermelha-grande (Ara chloropterus), Martim-pescador-da-mata (Chloroceryle inda), Anu-coroca (Crotophaga major), Pica-pau-louro (Celeus lugubris), Chororó-do-Pantanal (Cercomacra melanaria), João-do-Pantanal (Synallaxis albilora), João-pinto (Icterus croconotus), Cavalaria (Paroaria capitata), Cardeal (Paroaria coronata), Jacutinga-de-garganta-azul (Aburria cumanensis), Tachã (Chauna torquata), Maçarico-real (Theristicus caerulescens), Caburé (Glaucidium brasilianum), Gralha-do-pantanal (Cyanocorax cyanomelas), Águia-pescadora (Pandion haliaetus), rapazinho-do-chaco (Nystalus striatipectus), tiriba-fogo (Pyrrhura devillei), choca-da-bolívia (Thamnophilus sticturus)

 

 

 

Outros roteiros                                                                       

Também guio nos locais abaixo:

 

-Banhados e lagoas do Rio Grande do Sul. Entre os municípios de Mostardas e Tavares (RS) - Lagoa do Peixe e Lagoa dos Patos com ambientes de dunas, restingas, salinas, praias - algumas possíveis observações: Flamingo-chileno (Phoenicopterus chilensis), Capororoca (Coscoroba coscoroba), Cisne-de-pescoço-preto (Cygnus melancoryphus), Viuvinha-de-óculos (Hymenops perspicillatus), Papa-piri (Tachuris rubrigastra), Mergulhão-grande (Podicephorus major), Cardeal-do-banhado (Amblyramphus holoseriseus), Sanhaçu-papa-laranja (Thraupis bonariensis), Piru-piru (Haematopus palliatus) e inumeras espécies de maçaricos, trinta-réis e batuíras migratórias.

 

- Caatinga, mata de cipó e mata atlântica em Boa Nova BA.

No sudoeste do estado, o município de Boa Nova tem um parque nacional e apresenta aves como: Gravatazeiro (Rophornis ardesiacus), Beija-flor-vermelho (Chrysolampis mosquitus), Urubuzinho (Chelidoptera tenebrosa), Rapazinho-dos-velhos (Nystalus maculatus), Bacurauzinho-da-caatinga (Hydropsalis hirundinacea), Acrobata (Acrobatornis fonsecai), João-de-cabeça-cinza (Cranioleuca semicinerea), João-baiano (Synallaxis whitneyi), Rabo-amarelo (Tripophaga macroura), Torom-do-nordeste (Hylopezus ochroleucus), Corrupião (Icterus jamacaii), Pica-pau-anão-pintado (Picumnus pygmaeus), Periquito-da-caatinga (Eupsittula cactorum), Chororó-cinzento (Cercomacra brasiliana), Formigueiro-do-nordeste (Formicivora iheringi), Chorózinho-da-caatinga (Herpsilochmus sellowi), Piu-piu (Myrmorchilus strigilatus), Choca-do-nordeste (Sakesphorus cristatus), Choca-barrada-do-nordeste (Thamnophilus capistratus), Golinho (Sporophila albogularis), Tijerila (Xenopsaris albinucha), Vissiá (Rhytipterna simplex), Papa-moscas-do-sertão (Stigmatura napensis)